Muntes têm na ideia cu Charroque é um brrutamontes sem sabedorria dnhuma e que escrreve e fála munta mal, ma come toudes sabemos iste é tude comó Ainestaine dizia quié tude relative. Até pode virr um crróme munte bem falante em porrtuguês e tárr da china num merrcáde a tentárr comprrarr uns rátes frrites ainda com pêle, se nã falárr bein até pode comprrarr aquile fórra de prráze e cairr lhe mal da barriga. Bem, mas o quê querro chegárr é que fui a Coimbrra du fim de semana passáde ca familia. É assim, se o Charroque escrreveu duas das mais conceituádas óbrras literrárrias, o “Charroque da Prrofundurra – O Livrre” e “O Charroque da Prrofundurra…volta à purrseficie” tinha que verrificar se a grrande Biblioteca Joanina tinha lá isse. Quande entrrei foi logue um alivio du carráças, porrque chêrrava um cheirrinhe a cunhecimente, tipe chêrre de papel velho, e nã o chêrre a pêxe quê tou tã habituáde. Nã havia barrulhe dnhum, apenas aqueles livrres centenárrios ali quiétinhes, sem ninguem lhes poderr mexerr, ca sua sabedorria ali confináda…ê senti umas grrandes ansias porrque ê cá tênhe sede de saberr e senti-me toude atrrufiáde. Fui falárr cu senhorr que ali táva e perrguntei pelus mês livrres. O homem fez-se de toudas as corres e disse-me prra esperrárr um momente e foi logue pegárr du telefóne, disse parra aguardárr. Chega logue um senhorr toude empirriquitáde cas manias toudas e disse-me que os mês livrres tinhem desaparrcide misterriosamente. Recentemente toudas as noites que desaparrecem as melhórres óbrras. Apá…ê cá disse logue que isse erra inadmissivél e que exigia passárr a noite na Biblioteca prra deslindárr o mistérrio. A verrdáde é quê nem tinha dnhêrre prró Hotel e assim juntei tude e calhou bein. Quande se foi tude embórra ficou um silêncio brrutal e o frrio que ali táva? Txiii…bein a porrcarria dus desumidificadourres tives cus desligárr que tá va même impssivél. Já táva tude a durrmirr debaixe das mesas e eu na esperrança de ouvirr alguma coisa ainda nã durrmia népias. Nã foi prrecise muite tempe…quande cumecei a ouvirr um resmalhárr de folhas. Quande eu entrre dumas das trrês álas pensei ca bebida do jantárr ainda fazia efeite porrque quande olhei vi oite livrres do árr a serrem desfolhádes ó même tempe! Num instante vi que erra um polve enórrme e flurrescente, lembrrei-me logue daquela Rave Parrty que fui em tempes e o Polve tinha ficáde mal trratáde. Eu cá grritei “Apá Polve querres ficarr coxe dum brracinhe ou dois?”, ele estrrabuchou umas palávrras “Charroque tu nã me assustas e eu desde esse dia que ande a mangerricárr a nha vingança e descubrri que a melhórr manêrra erra acabárr ca memórria da cidade de Setúbal, que tu tante góstas!” e eu “E pensas fazerr o quein? Amandárr uma bomba da cidade?” Agarrei numas escádas daquelas pa chegárr ós livrres e fiz um nó em dois brracinhes das escádias, ele resentiu-se e disse “Não! Tenho um plane secrréte de esconderr toudes os livrres sobrre a cidade de Setúbal, desaparrcerr com eles e fazerr com que tu sejas o culpáde de tude!”. “Apá sóce…tu andas masé a verr munte filme…mas deves serr daqueles que adurrméce da párrte mais imporrtante! Prra já fizeste o erro de contárr o teu grrande plane secrréte, o erro do costume e eu vou descubrrirr!”. O Polve enfurreceu-se, ficou cuns ólhes mai esbugalhádes que quande um gáje pisa o rábe do gáte e ele até fica cas quatrre pátas du árr, logue asseguirr amandoume uma brraçáda caté as ventósas ficarrem a fazêrr vácuo das nhas buchêchas e aquile nã despegáva nem porr náda. Fui acima, fui abaixe e fui lançáde contrra as prratelêrras, porra ca madeirra antiga táva même rija e bati cus custádes quinté me veie à lembrrança aquela vez quê táva engasgáde e o russe me deu cu réme pas cóstas caté saiu disparráde da bóca trrês espinhas de carrapau e forram acerrtárr même du balão da crriancinha que táva ó láde a cumerr e tive o azárr du pai serr mai grrande…bem esquece lá insse… Alevantei-me e fui agarrárre em mai dois brracinhes e atei a outrra escadas. Peguei da mánica calculadourra do telemovel, foi a nha sórrte e perrcebi que ainda faltavem mai quatrre brracinhes! O pólve ó même tempe cumeçou a lançárr livrres duma velocidade sem parrárr e eu tive que imprruvisárr: Filme “Matrrix”. Imaginei os livrres em camerra lenta, deitei-me toude pa trrás e mexia os brracinhes tipe pêxe fórra d’água e só os via passárr! Tumba e tumba e tumba e semprre à grrande a desviárr…até quele lançou uma inciclupédia bué da grrande que me acerrtou da orrêlha e cai pa trrás…Fiquei surrde e sem acção, parrcia que ia tude acabárr ali… mas as nhas filhas Charroquinha e Charroquinhita aparrcerrem, serrem caninas, cada uma puxou um brracinhe du pólve e cumeçarrem a andárr à volta. O Pólve parrcia uma mumia enfaixáda nus sês prróprrios brráces! Ê cá via tude desfucáde…Levantei-me e pedi ó polve que me dissesse onde tavem os livrrinhes sobrre Setúbal. Que o ajudarria a voltárr ó Márr, esse grrande local de liberrdáde. Eu e a nha familia toda levámes a noite touda a arrumárr a biblioteca e colocámes os livrres que faltavam. O Shourr dirrectourr ficou que nem pósse, agrradeceu e ainda me deu um carrtão que dá dirreite de desconte de 50% dos livrres ali expóstes! Mais tárrde perrcebi que nem se querr os livrres tão à venda…Bem o que intrréssa é que acabou em bem quié assim ca gente gósta.
 

You may also like

No Comment

You can post first response comment.

Leave A Comment

Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter a message.

Facebook

Parriga ou sóce, querres receberr todas as novidádes frresquinhas do
Charroque da Prrofundurra?

Subscrreve e recebe tudo!
Caganda Pinta!
Muito obrrigádo.

Fechárr
Parriga ou sóce, querres receberr todas as novidádes frresquinhas do
Charroque da Prrofundurra?

Subscrreve e recebe tudo!
Caganda Pinta!
Muito obrrigádo.

Fechárr