O mê amigo é uma águia

Num fim de semana com munta sol, um dia munta bonite e sem nada parra fazermes, convidei o mê amigue janade parra irmes até ás pechinas da Trroia, voçes  todes salembrram comerra aquilo ? Uma marravilha, a malta ia parra lá e passavames um dia em cheio nã erra?? È pá tenho memo saudades. E […]

Read More
Made in…

Fui lancharr da casa da Mª João, o pai dela é assim um velhote, que tá semprre cos cópes…, diz ele que se parrar de beberr entrra carrunche dos ósses! Derrem-lhe o nome de Ti Verrêdas, porrque ele nunca vê a verreda conde sai dos cafés, vai semprre contra as parredes, contrra os postes, contrra […]

Read More
Férrias dum Cabrrão

Fui de ferrias, qué dizerr… todas as pessoas vã de ferrias né ? Mas  ferrias de pobrre cumás minhas são semprre pa esquecerr, mas estas iam serr as ferrias do mê sonhe, nã erra pa esquecerr. Então pedi emprrestade ao mê amigo janade a carravana dele, verrmelhinha, … ele chama áquile uma carravana, mas aquile é […]

Read More
Cagásse no cemitérrio

È pá tenho que contarr uma coisa que se passou esta nôte… ê nem dorrmi nada. Atão foi assim,  os mês amigues e ê fomos passearr da baixa depôs da janta, e bebêrr um cópe, o denherro nã dava pa mais. Ia eu a Tucha, o Toino, e o Janade, agente chama a ele de […]

Read More

Facebook