Made in…

Fui lancharr da casa da Mª João, o pai dela é assim um velhote, que tá semprre cos cópes…, diz ele que se parrar de beberr entrra carrunche dos ósses!
Derrem-lhe o nome de Ti Verrêdas, porrque ele nunca vê a verreda conde sai dos cafés, vai semprre contra as parredes, contrra os postes, contrra tude, cái das válas… é o Ti Verredas!
Conde ele ia á casa de banhe querra assim uma casinha da rua, com umas fitas ás corres a fazerr de porrta, ele cantava semprre assim, com uma voz rrouca a fazerr munta forrça: “Vélhe marrinhere com fálas esquesitas, cá da nha terra nã corrtas mais fitas”,… e apois conde táva más aliviade dezia más rápdo, “o pôve unide jamais serra vencide”… ê nunca perrcebi iste lá munte bem ..
Bem os cópes do sume parra mim e parra ela, errem umas canecas, no funde das canecas dezia MADE IN, e a Mª João perrgunta ao pai:
– Olha lá  pai, o qué que querr dezerr made in?
– Ó minha grrandecissima burra, dezia o pai, cuma idade dessas tu nã sabes o qué isse?? Paguei ê, tante denherr parra andarres duma esplicação e tu não sabes o que é isse? Qué candaste a fazerr da escola tantes anes??
Made In, querr dezerr Plástidos de Colidade minha Burra….
Prrontes tá esplicade…
 

You may also like

No Comment

You can post first response comment.

Leave A Comment

Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter a message.

Facebook

Parriga ou sóce, querres receberr todas as novidádes frresquinhas do
Charroque da Prrofundurra?

Subscrreve e recebe tudo!
Caganda Pinta!
Muito obrrigádo.

Fechárr
Parriga ou sóce, querres receberr todas as novidádes frresquinhas do
Charroque da Prrofundurra?

Subscrreve e recebe tudo!
Caganda Pinta!
Muito obrrigádo.

Fechárr