O Charroquinhe vai a Trróia

Erra um dia de Verrão, e o Charroquinhe cansade de estarr em casa sem fazerr nada resolve sairre rio Sade a forra e irr até trróia, apesarre dos pais terrem dite parra ele não sairre, pois o marre é perrigose e ele não devia andar sózinhe.
Meteu-se ao caminhe, deu às barrbatanas e aí foi ele…
Apá de repentemente aparece-lhe uma alforreca, o Charroquinhe dá um salte, e sai quase um metre de forra dágua, parecia um peixe voadorre, niste uma gaivota quia a passar lança-lhe o bique e apanha o Charroquinhe, o sacana aflite começa a piarre (o Charroquinhe andava da escola de línguas, e falava outros idiomas).
Ouve lá a gaivota apanha um suste, abre a boca toda e o Charroquinhe consegue-se safarre desta, sem saberre come.
Chegande à água perrgunta-lhe a alforreca:
– Porrqué que tassustastes peixe? Eu não te fasse mal.
E diz o Charroquinhe:
– Olha porrque tu aparecestes derrepente, toda transparente parrecias um ET.
E perrgunta-lhe a alforreca:
– Atão e comé que te safastes da gaivota?
Responde o Charroquinhe:
Safei-me porque da minha escola, eu estude outras línguas sem serre de peixe, e piei-lhe come se fosse uma águia, ela assustou-se e largou-me.
Niste o Charroquinhe repparra que já são horras de voltarr a casa, e baza dali.
No regrresse começa a pensarre, ainda bem que eu estude, se na fosse isse a esta horra já a gaivota me tinha comide.

Macó

 

You may also like

No Comment

You can post first response comment.

Leave A Comment

Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter a message.

Facebook

Parriga ou sóce, querres receberr todas as novidádes frresquinhas do
Charroque da Prrofundurra?

Subscrreve e recebe tudo!
Caganda Pinta!
Muito obrrigádo.

Fechárr
Parriga ou sóce, querres receberr todas as novidádes frresquinhas do
Charroque da Prrofundurra?

Subscrreve e recebe tudo!
Caganda Pinta!
Muito obrrigádo.

Fechárr