Mesquinha mórrta…

 Alá coisa piórr cu gáje tárr a verr a sarrdinha e andárr de volta à avoárr uma mesquinha mórrta. Ninguein aguenta uma coisa dessas. Nem a sarrdinha fica com saúde e é capaz de ficárr toda mole e farrinhenta. Sabem comié, uma sarrdinha mole nã resolve népias, nem chega a irr ó lume e fica […]

Read More
Mines em Márrte!

 Porra quiá gente párrva todes os dias… agórra cus amarricanes descubrrirrem água em Márrte! Mas isse sérrve prró quein même só prra mim perrceberr?!?! Um gáje vai a qualquerr láde e tein semprre água de bórrla. Vais a um café “dême um cópe de água sff…” tens lógue na hórra! E nã págas náda! Agorra […]

Read More
A Solução é… Mines e bifanas!

 Caganda onda c’anda prrái outrra vez que parréce um tsunami de cócó. Estames cheies de gestorres du pensamente suprrême que prrimêrres dizem prra nã gastarrem dnhêrre em culturra porrque anda munte serr vive à rásca prra sobrreviverr, prra quié que prrecisames dum local prra verr teatrro, é prrecise é barraquinhas com bifanas e mines, isse […]

Read More
Tou tode cagáde… ia sende assaltáde!

 Apá sóce… tu tá caláde, cheguei agórra a casa, ainda nem fui pá trrainêrra ainda, ande a fazêrr umas hórras extrras que me pedirrrem ali dum trrabalhinhe munta manhose, come um gáge quê cunhêce diz “ganha-se pouque mas é diverrtide”, nã intrréssa agórra pó cáse… táva a comerr uma bucha e a beberr um cópe e […]

Read More
Irr pá prraia, aquéla marravilha!

 Apá irr pá prraia do Verrão em Setúbal é piórr quirr pá Prraia no Inverrne em Setúbal tamein, querro eu dizêrr que do Verrão nã há lugárres pá viaturra mas do Inverrne tá lugarr a montes mas tá uma beca frrio. Porr isse fique semprre dum impásse. Lá decidimes irr passárr um béle dia à […]

Read More
O mê amigo é uma águia

 Num fim de semana com munta sol, um dia munta bonite e sem nada parra fazermes, convidei o mê amigue janade parra irmes até ás pechinas da Trroia, voçes  todes salembrram comerra aquilo ? Uma marravilha, a malta ia parra lá e passavames um dia em cheio nã erra?? È pá tenho memo saudades. E […]

Read More
Made in…

 Fui lancharr da casa da Mª João, o pai dela é assim um velhote, que tá semprre cos cópes…, diz ele que se parrar de beberr entrra carrunche dos ósses! Derrem-lhe o nome de Ti Verrêdas, porrque ele nunca vê a verreda conde sai dos cafés, vai semprre contra as parredes, contrra os postes, contrra […]

Read More
Férrias dum Cabrrão

 Fui de ferrias, qué dizerr… todas as pessoas vã de ferrias né ? Mas  ferrias de pobrre cumás minhas são semprre pa esquecerr, mas estas iam serr as ferrias do mê sonhe, nã erra pa esquecerr. Então pedi emprrestade ao mê amigo janade a carravana dele, verrmelhinha, … ele chama áquile uma carravana, mas aquile é […]

Read More

Facebook