Mines em Márrte!

Porra quiá gente párrva todes os dias… agórra cus amarricanes descubrrirrem água em Márrte! Mas isse sérrve prró quein même só prra mim perrceberr?!?! Um gáje vai a qualquerr láde e tein semprre água de bórrla. Vais a um café “dême um cópe de água sff…” tens lógue na hórra! E nã págas náda! Agorra […]

Read More
Um pé tode nêgrre

Assim em modes de alembrradurra… Távam ali pós ládes du merrcáde um mane a venderr num alguidarrinhe chóques com tinta, sai uma mãe desalvurráda du Pingue Doce cu miúde às prréssas prra irr apanhárr a caminéta e vai este trrupéça dus prróprrios péses embáte do vendedorr, enfia o pé du alguidarrinhe e cumeça a chorrárr […]

Read More
Forrum Calçáda Pingue Doce

A calçada em frrente do Pingue Doce é um monumente sádine, nã tem qualquerr hipótese. Expliquem a razão pa irr a um Forrum, se vocês aqui conseguem comprrarr de tude e se nã conseguirrem entrrão no Pingue Doce ou melhórr ainda do Merrcáde do Livrramente. Aqui há frranchisingues ambulantes! Consegue-se comprrar iphones da Ápele, óculos […]

Read More
O Charroque vai du elevadorr

Há coisas même diabólicas, mas há coisas que são uma porrcarria diabólica. Ê cá deteste elevadorres, a sérrio aquile nã é prra mim tante que eu cá comprrei uma trrainêrra e nã comprrei um titanic porrque caquile tem elevadorres e dá verrtigens claustrrófóbicas. Ê quande erra pecanine andava semprre a sunhárr com elevadorres, erra cada pesadêle…prrimêrre sunhava cu […]

Read More

Facebook