Mines em Márrte!

Porra quiá gente párrva todes os dias… agórra cus amarricanes descubrrirrem água em Márrte! Mas isse sérrve prró quein même só prra mim perrceberr?!?! Um gáje vai a qualquerr láde e tein semprre água de bórrla. Vais a um café “dême um cópe de água sff…” tens lógue na hórra! E nã págas náda! Agorra […]

Read More
A Solução é… Mines e bifanas!

Caganda onda c’anda prrái outrra vez que parréce um tsunami de cócó. Estames cheies de gestorres du pensamente suprrême que prrimêrres dizem prra nã gastarrem dnhêrre em culturra porrque anda munte serr vive à rásca prra sobrreviverr, prra quié que prrecisames dum local prra verr teatrro, é prrecise é barraquinhas com bifanas e mines, isse […]

Read More
Tou tode cagáde… ia sende assaltáde!

Apá sóce… tu tá caláde, cheguei agórra a casa, ainda nem fui pá trrainêrra ainda, ande a fazêrr umas hórras extrras que me pedirrrem ali dum trrabalhinhe munta manhose, come um gáge quê cunhêce diz “ganha-se pouque mas é diverrtide”, nã intrréssa agórra pó cáse… táva a comerr uma bucha e a beberr um cópe e […]

Read More
Irr pá prraia, aquéla marravilha!

Apá irr pá prraia do Verrão em Setúbal é piórr quirr pá Prraia no Inverrne em Setúbal tamein, querro eu dizêrr que do Verrão nã há lugárres pá viaturra mas do Inverrne tá lugarr a montes mas tá uma beca frrio. Porr isse fique semprre dum impásse. Lá decidimes irr passárr um béle dia à […]

Read More
Signos à Charroco

O Charroque da Prrofundurra crriou um serrvice completamente GRRATUITO do horroscopo, todos os méses o Charroque da Prrofundurra envia a prrevisão dos signes tude escrrite em charroco prró vósse email. Basta só irr aqui e deixarr o vósse email. Clicárr AQUI!    

Read More
Até S.Filipe de bicla cas molas das calças…

E lá fui eu até ao forrte de São Filipe… Prra cima caté parrcia mai difícil inté tinha ide bein, mas aquande foi aquela descida ê vi logue que nã devia terr ide de bicicleta e cas calças deviem terr a bainha feita e não uma porrcarria de uma mola ferroulha ali metida. Já devem […]

Read More
Zbadabumm e fui do tinó nim

Zbadabumm… algo aconteceu! Mas ê cá só dei conta quande acurrdei e dei conta que táva duma máca deitadinhe a olhárr pó téte come se fosse um pxinhe a serr vendide da pédrra cús ólhes toudes esbugalhádes a olhárr pós clientes à volta. O prrublêma é que ca chinfrrinêrra do tinónim da amblância aquile de […]

Read More
Os Pilarrêtes voltem a atacárr

Apá um gáje pega da sua bomba de cárre logo pela manhã, o mê fiat 127 quié verrmelhinhe à falta de vêrrde vitórria que nã tihem em stock da alturra p’alguma razão foi e cá prra mim tem a haverr ca quela histórria da conspirração dos lisboetas que tão semprre a inventarr maneirras da gente […]

Read More
Forrum Calçáda Pingue Doce

A calçada em frrente do Pingue Doce é um monumente sádine, nã tem qualquerr hipótese. Expliquem a razão pa irr a um Forrum, se vocês aqui conseguem comprrarr de tude e se nã conseguirrem entrrão no Pingue Doce ou melhórr ainda do Merrcáde do Livrramente. Aqui há frranchisingues ambulantes! Consegue-se comprrar iphones da Ápele, óculos […]

Read More

Facebook