Um dia dêtes, depois de descansarr da faina, resolverramos irr sairr à noite. Resolverrames irr a um barr même catita, chama-se Artkafé. Esclhêrrames a melhor camisas de flanela ós códrrados, calça de ganga, sapatinhe de verrniz com meinha da raquête. A mnha camisa ós codrrados verrmelhes e prrêtes. Erra noite dum grrupe quia tocarr caté […]

Read More

Ei, grrandes companhêrros da faina, hoje vouves dedicarr aqui um grande sentimento du funde du mê curração! Na mnha embarrcação, a marravilhosa Marrgarida du Sade, sêmes 5 homes. Eu, o Toino, o mê prrime zarrolhe, o Chique, o trrambolhe du Manel, o Ptinga e o Russe. Nós os cinque somes imparráveis no marr e na […]

Read More

Facebook